Hematúria

Sinônimo: (sangue na urina)
Hematúria ou sangue na urina é um sinal que ocorre nas doenças renais e não pode ser ignorado pelos portadores, nem pelos médicos. Em toda a urina, há sempre hemácias (sangue) em quantidade muito reduzida. A hematúria pode ser microcópica ou macroscópica.

Chamamos de hematúria microscópica quando a perda de hemácias é superior a três hemácias por campo microscópico na análise do sedimento urinário.

A hematúria macroscópica é reconhecida a olho nu pela cor vermelha, de lavado de carne ou marrom como coca-cola.

Qualquer hematúria deve ser cuidadosamente investigada, independente da intensidade, porque geralmente a intensidade não é proporcional à gravidade da doença renal.

Principais causas
Resumidamente, as principais causas de hematúria podem ser classificadas em pré-renais, renais e pós-renais:

Causas pré-renais
São raras, mas podem ocorrer nas hemofilias (doença hemorrágica hereditária) e devidas ao uso de anticoagulantes.

Causas renais
São as de origem inflamatória (glomerulonefrites), infecciosa (pielonefrites), neoplásica (tumores benignos e malignos), hereditária (hematúria familiar benigna, rim policístico), funcional (exercícios exagerados, febre) e traumática.

Causas pós-renais
De hematúria estão relacionadas aos canais por onde passa a urina (ureter, bexiga, próstata e uretra) que podem ser atingidos por lesões inflamatórias, infecciosas, tumorais, congênitas, traumáticas, tóxicas e por cálculos urinários.

Há outras situações nas quais podemos encontrar urina de cor vermelha, mas que não significam sangue na urina. A urina pode ser tingida de vermelho por pigmentos ferruginosos, como a hemoglobina que é a proteína portadora de ferro dos glóbulos vermelhos. A mioglobina que é originária dos músculos também pode pigmentar de vermelho a urina.

Os pacientes portadores de defeitos congênitos ou próteses valvulares cardíacas podem, por problemas mecânicos, facilitar a destruição de glóbulos vermelhos, e com a liberação da hemoglobina corar a urina de cor vermelha.

Alimentos como beterraba, páprica e ruibarbo, medicamentos como piridium, rifampicina, laxativos como cáscara, sene e tranqüilizantes (fenotiazidas) e outros pigmentos de inúmeras substâncias podem colorir a urina de vermelho.

O exame de urina afasta essa possibilidade de confusão.